Grupo Choro Elétrico

qui, out 6, 2011

Artistas

Grupo Choro Elétrico

O grupo Choro Elétrico teve início em setembro de 2010 na cidade Caraguatatuba-SP. Tem como objetivo divulgar o choro e o samba tradicional (instrumental) através de suas apresentações, com um diferencial: muitas das melodias do repertório são executadas pela guitarra, instrumento que não faz parte do regional do choro, daí o nome Choro “Elétrico”.

Em seu repertório estão presentes choros e sambas de compositores tradicionais, como Ernesto Nazareth, Pixinguinha, Jacob do Bandolim, Waldir de Azevedo, Adoniran Barbosa, Zequinha de Abreu, Ary Barroso entre outros, aliado a um trabalho de pesquisa, onde novas composições ainda “desconhecidas” da grande parte do público são incluídas.

O grupo possui 4 integrantes: Daniel Carlota - Guitarra e violão 6 cordas; Felipe Moraes - Cavaquinho; Lucas Camargo – Pandeiro; Priscila Alves - Violão de 7 cordas.

O Show de estréia foi no dia 05 de fevereiro de 2011, no projeto Coreto em Sol realizado pela Fundação Cultural e Educacional de Caraguatatuba – FUNDACC, em uma apresentação onde arrancou muitos aplausos e elogios do público presente. Neste mesmo projeto, em 2011, apresentaram-se também grupos renomados como o Choro das 3, Choro do Vale e As Choronas.

Priscila Peixoto
Priscila teve seu primeiro contato com a música aos 3 anos com seu avô Gonçalo que tocava violão. A partir dos 7 anos, começou a participar da oficina de violão na FUNDACC. Nesse período já era notória a facilidade com que a garotinha tocava o instrumento. Foi também nessas aulas que o professor descobriu que ela possuía ouvido absoluto, ou seja, a capacidade de perceber e dar nome a cada uma das notas que chega ao seu ouvido.
Aos 9 anos, começou a ter aulas com o prof° e maestro Zé Maria, com quem aprofundou seus conhecimentos sobre violão e principalmente sobre música brasileira. Também com Zé Maria, Priscila teve seu primeiro contato com o palco, e com apenas 10 anos já se apresentava profissionalmente.

Atualmente Priscila integra o grupo Choro Elétrico (com o violão 7 cordas), além de participar de outros projetos paralelos. Com apenas 14 anos a garota demonstra muita musicalidade também através de outros instrumentos como o violão de 6 cordas, guitarra, cavaquinho, baixo elétrico, bateria, violino, viola caipira entre outros.

Daniel Carlota
Começou com o violão aos 13 anos por influência dos amigos, e como muitos garotos dessa idade gostava principalmente de Rock. Após um ano comprou sua primeira guitarra.
Iniciou tocando em um grupo na Igreja, teve algumas aulas particulares e depois decidiu levar o estudo mais a sério. Foi então que passou a estudar no conservatório Villa-Lobos de São José dos Campos, concluído em 2000, onde teve contato com a Bossa Nova e o Jazz. Pouco tempo depois montava o quarteto instrumental M.U.T.E., grupo que já participou de vários Festivais e eventos na região. De 2001 a 2004 cursou o IG&T (Instituto de Música e Tecnologia), na EM&T (Escola de Música e Tecnologia), onde aperfeiçoou seus estudos de técnica, harmonia e improvisação. Nesta época já dava aulas particulares de violão e guitarra, participava da banda de pop/rock High Fly, além de acompanhar vários grupos e cantoras da cidade e região. Em 2006, juntamente com seus sócios, fundou o estúdio e escola de música E-Brasil.

Em 2010 cursou a EMESP (antiga U.L.M.), com o mestre Olmir Stocker (Alemão), com aperfeiçoamento em música instrumental brasileira. Guitarrista requisitado no Litoral Norte, atualmente Daniel Carlota divide seu tempo com coordenação didática e aulas na E-Brasil, alguns projetos paralelos e a pesquisa de repertório e divulgação do trabalho com o grupo “Choro Elétrico”.

Lucas Camargo

Começou muito cedo na música, quando participava em ensaios e apresentações em um grupo de samba que seu pai era integrante (Na Palma da Mão). Em 2006 ingressou no “Projeto Guri”, onde teve aulas de bateria e percussão geral com o professor Valdemir Garcia (Val). Nesse mesmo ano, passou a fazer parte da “Banda Municipal Carlos Gomes de Caraguatatuba” como percussionista geral. Em pouco tempo já estava trabalhando como free-lance com vários artistas da região como: Mara Amaral, Eliana Bañesa, Mayara Blanco, Sandra Santos, Fernanda Leturia, Zirinho da Bahia, além de bandas como Amplitude Valvulada, Conexão Central, Philares, Deixa Comigo, Band’Areia, etc. Nos anos de 2006 e 2007 participou do projeto “Pró-Bandas” lecionado por Bob Percussa, renomado professor do conservatório de Tatuí, e em 2010, participou do projeto “Coreto Paulista”, com o professor de bateria Everton Silveira, também de Tatuí. Em 2009 começou lecionar bateria e percussão na “Escola de Música E-Brasil” sobe supervisão do baterista Kleber Amorim, onde atua até o momento.

Atualmente, além de integrar o “Choro Elétrico”, Lucas Carmargo participa de outros projetos como a “Banda Municipal Carlos Gomes de Caraguatatuba” como percussionista, e como baterista no “Ministério de Louvor e Adoração Ar que eu Respiro”, além de atuar como free- lance.

Felipe Moraes
O primeiro contato com o estudo da música foi através do Projeto Guri, aos 14 anos, quando iniciou as aulas de viola de arco e, pouco tempo depois, o cello. Paralelamente iniciou as aulas de violão e cavaquinho na FUNDACC. Nessa época estreou nos palcos em apresentações junto com outros alunos da instituição. Seu primeiro grupo musical foi formado através de projeto de seu professor de violão, Eduardo Frois, coincidentemente, um grupo de choro. Com o mesmo professor, participou da I Orquestra de Violões de Caraguatatuba. Pouco tempo depois já se apresentava profissionalmente ao lado de artistas renomados da região, como Popó da Percussão, Zé Maria e Kiko Conceição, no grupo de samba “Swing Brasil”, onde foi integrante durante 3 anos, adquirindo grande bagagem musical. Tocou, por aproximadamente 4 anos, com a banda de forró universitário “Muleke Praiero”, na qual atuou também como produtor. Além disso, fez free-lance com artistas da região e integrou a banda música católica “Aliança”.

Atualmente, além de integrar o grupo “Choro Elétrico”, é componente da equipe de música da Igreja Matriz Santo Antônio e atua em outras bandas como free-lance.

Contatos
(12) 9715-0806 Daniel (12) 9114-2969 Felipe (12) 8809-2091 Lucas
choroeletrico@gmail.com



, , , , , , , ,

Escreva um comentário